G1 responde a dez perguntas sobre o novo Enem

01/07/2009

Conheça detalhes da proposta de unificação dos vestibulares com o Enem.

Qual será o novo modelo da prova?

  1. Serão 180 questões de múltipla escolha e uma redação. As provas serão aplicadas em dois dias. Entre as áreas abordadas estão linguagens (45 testes e redação), ciências humanas (45 testes), ciências da natureza (45 testes) e matemática (45 testes).
  2. Qual será o conteúdo cobrado na prova? O Ministério da Educação (MEC) já divulgou as matrizes de habilidades que serão cobradas no novo Enem. Essas matrizes definem as competências do candidato que se espera que a prova avalie.
  3. Quando o novo exame será aplicado? Quando saem os resultados? O calendário para a realização da prova é 3 e 4 de outubro deste ano. O desempenho dos candidatos na parte objetiva (testes) será divulgado em 4 de dezembro e, o resultado final, incluindo a redação, sai em 8 de janeiro de 2010. 
  4. Como será a inscrição para o novo Enem? O processo de inscrição será exclusivamente pela internet a partir de 15 de junho. Segundo o MEC, a taxa de inscrição para alunos da rede particular é de R$ 35. Estudantes da rede pública ou bolsistas em escola particular estarão isentos da taxa.
  5. A Fuvest e a Unicamp seguirão adotando o Enem como bônus? A nota do Enem continuará sendo usada na nota da primeira fase da Fuvest e poderá representar até 20% do total da nota da primeira fase. Já a Unicamp estuda não considerar a nota do Enem em seu vestibular deste ano.
  6. Conforme proposta do MEC, quais universidades federais adotarão o novo Enem como vestibular? Cabe aos conselhos universitários de cada federal definir se adotam ou não o Enem e, no caso da adoção, quando e como a prova seria aplicada. Cada universidade tem autonomia para decidir. Confira a posição das universidades.
  7. Como seria aplicado o novo Enem pelas universidades federais? Os reitores das universidades federais e o ministro da Educação definiram quatro formas de adesão das instituições ao novo Enem. Há quatro possibilidades: o Enem como fase única; como primeira fase; como fase única para as vagas ociosas, após o vestibular; ou combinado ao atual vestibular da instituição. Neste último caso, a universidade definirá o percentual da nota do Enem a ser utilizado para a construção de uma média junto com a nota da prova do vestibular.
  8. O Sistema de Seleção Unificada, proposto pelo MEC, admite a escolha de quantas opções? O vestibulando pode escolher cinco cursos em até cinco instituições de ensino no Sistema de Seleção Unificada, na internet.
  9. Após o Enem, o vestibulando pode mudar as opções? Como? Após receber o resultado da prova, o vestibulando poderá listar até cinco cursos nas universidades de sua preferência (escolha também limitada a cinco). Atualizada diariamente, a nota de corte dos cursos será determinada pela concorrência entre os alunos. Ou seja, se mais alunos com notas altas concorrerem a um determinado curso, a nota de corte será mais alta. No Sistema de Seleção Unificada, disponível na internet, o vestibulando poderá visualizar a nota do último candidato selecionado e comparar com a sua. Desse modo, poderá mudar suas opções quantas vezes quiser até o encerramento do prazo de inscrição. Se o aluno perceber que o curso escolhido como a primeira opção está com a nota de corte superior à sua avaliação no Enem, pode escolher as demais opções da sua lista inicial ou modificar a primeira lista escolhendo novos cursos e novas instituições.
  10. Como se dará a seleção dos candidatos? E se houver empate? Os vestibulandos serão selecionados em apenas uma das opções de curso conforme a nota do novo Enem, a ordem das opções escolhidas na inscrição e o limite de vagas disponíveis. No caso de notas idênticas, o desempate seguirá a seguinte ordem de critérios: maior nota na prova de linguagens, maior nota na prova de matemática e maior idade do candidato.

Exame será aplicado nos dias 3 e 4 de outubro.

Do G1, em São Paulo:http://g1.globo.com/Noticias/Vestibular/0,,MUL1089718-5604,00-TIRADUVIDAS+G+RESPONDE+A+DEZ+PERGUNTAS+SOBRE+O+NOVO+ENEM.html